O que uma boa unidade visual pode fazer pela sua empresa

Dizem que a primeira impressão é a que fica, não é?

Ainda que nem sempre essa máxima seja verdade, em alguns casos uma boa primeira impressão é mesmo muito importante. No que diz respeito às empresas, o primeiro contato do cliente com a marca se dá através de sua identidade visual. Seja no caso de lojas, onde a fachada já traz os elementos principais como logotipo, símbolo e cores, além dos materiais de ponto de venda e da própria arquitetura e decoração do local, ou de empresas, através de cartões de visita, embalagens, papelaria ou do próprio site, é imprescindível que as marcas possuam um design próprio e bem estabelecido, que transmita os valores da marca e esteja alinhado ao seu posicionamento estratégico.

O design é um dos elementos que compõem o branding, que é um esforço estratégico, conceitual e de planejamento que as marcas realizam para se firmarem na mente e no coração dos consumidores, tornando-se reconhecida no mercado, através de um conjunto de atividades relacionadas à concepção, gestão e desenvolvimento da marca. Com a identidade visual, a organização estabelece a forma como deseja ser notada visualmente pelos seus consumidores, expressa as principais características que regem o negócio e transparece o tom que a sua comunicação possui. Uma das características principais é a unidade visual, que representa a coesão entre os elementos que compõem a identidade visual da marca. Ou seja, se todos as peças, imagens, materiais, papelaria, dentre outros, mantêm os mesmos estilo e identidade, como forma de garantir que a marca seja reconhecida em diferentes formatos ou plataformas.

A identidade visual do negócio deve, também, orientar as ações de publicidade realizadas por esse. Campanhas institucionais e postagens nas redes sociais precisam estar alinhadas ao manual de identidade visual da organização, uma vez que esse alinhamento fará com que os consumidores reconheçam as artes como pertencentes à marca. Quando a unidade visual é bem estabelecida, a relação é feita de forma instantânea e, certas vezes, até mesmo de modo inconsciente. Nesses casos, as cores escolhidas tendem a exercer uma grande identificação para com os consumidores, que passam a associar o padrão cromático da marca a todos os elementos que compõem a comunicação realizada pela empresa.

O site institucional também precisa de uma boa identidade visual para atrair os consumidores a visitar suas páginas. Na hora de criar e hospedar um site, é importante considerar que a parte visual da marca também deve estar presente nas mídias digitais da organização. Assim, todos os canais e pontos de contato com o cliente possuem a mesma unidade.

A identidade visual, portanto, é responsável por representar a marca visualmente, o que se identifica como uma forma da empresa criar laços com seu público-alvo, estabelecer uma referência e identificação com esses consumidores e comunicar também seus valores e posicionamento no mercado. A GBrand tem escritório em Gravataí e Porto Alegre oferecendo aos seus clientes o serviço de branding e criação de identidade visual, focada em cultivar consumidores engajados e oferecer resultados através de uma comunicação completa.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Postado por Agência GBrand em 22/03/2017.

Últimas Postagens